Como criar uma startup de MiningTech

Apesar de não ser tão hypado como outros, o mercado de startups de Mining Tech  consegue atuar com um lucrativo segmento da indústria que envolve a preparação, exploração, desenvolvimento, manutenção ou operações das equipes de mineração. 

Em cidades como Ouro Preto, Mariana e Itabirito, onde a mineração ainda é bastante presente e parte significativa da arrecadação do município vem deste meio, pensar em tecnologias inovadoras para mineradoras pode ajudar tanto a resolver tanto os problemas ligados ao meio ambiente quanto os relacionados à especialização da mão de obra local.

Quer saber mais sobre o tema, como criar uma startup de mining tech e qual o papel desse tipo de inovação na diversificação econômica? Então vamos lá.

O que é Mining Tech

Primeiro é importante entender a diferença entre mining tech e tech mining. 

Mining tech é o uso de tecnologias digitais relacionadas à extração mineral, a mineração que entendemos como sendo clássica. Na mining tech são usados sistemas de automação, inteligência artificial, biotecnologias e tantos outros para resolver problemas e melhorar a performance dos processos das mineradoras.

Já o termo tech mining vai para outro tipo de mineração, que é a mineração de dados. Aqui a tecnologia é utilizada para encontrar e trabalhar informações dentro de um grande volume de dados.

Como criar uma startup de Mining Tech

Para entender um pouco mais sobre como criar uma startup de mining tech, conversei com Fabiane Silva, doutora e mestre em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Ouro Preto e Professora na UFMG. Além de todo esse currículo, ela ainda teve uma startup acelerada pela SAMARCO em seu Desafio MinerALL.

O Desafio Minerall premiou várias startups de Ouro Preto em 2018

Veja o que a Fabiane deu como dica para quem deseja colocar os pés neste universo.

Aprenda sobre administração de negócios

Uma pessoa que deseja criar uma Startup Mining Tech precisa começar do básico: aprender o que é uma startup e como montar um negócio. 

Especificamente na área de mineração, é necessário descobrir quais são os problemas que as empresas estão tendo e, a partir daí, casar a solução que a startup tem com o problema da empresa.  

Quem está pensando em entrar nesse mundo é importante saber que é necessário se conectar com outras áreas nas Universidades ou Escolas Técnicas independente do curso que fez, além de se relacionar com os ecossistemas de inovação para que possam se sobressair.

Por fim, aproveitar as oportunidades que surgirem como, por exemplo, se envolver em trabalhos voluntários.

Saiba que a inovação não acontece apenas na universidade

É possível começar uma startup Mining tech fora da universidade, um exemplo disso, são as que nasceram de estudantes de cursos técnicos do Senai. 

No entanto, é interessante ficar de olho se a Universidade ou Escola Técnica tem alguma incubadora de Empresas, pois esta é uma excelente oportunidade para desenvolver o projeto. 

Aprenda a programar (nem que seja por conta própria)

Quem deseja começar uma Startup Mining Tech deveria investir em cursos de introdução à programação, metodologia ágil e em cursos como do it yourself (Faça você mesmo). Existem também vários órgãos que oferecem cursos gratuitos voltados para a indústria 4.0 que são importantes para entender o ecossistema de inovação. 

Esses cursos podem ser encontrados no SENAI, FIEP, SEBRAE, etc.

Foque nas soluções de impacto ambiental

Saber como criar uma startup de mining tech pode ser uma forma de reduzir os impactos da mineração
Startups de mining tech buscam por soluções que diminuam o gigantescos impactos ambientais da mineração

Atualmente, as mineradoras estão buscando resolver problemas voltados para a redução dos impactos ambientais e sociais das regiões onde atuam. Tudo atrelado à sustentabilidade e tecnologia.

O papel de uma comunidade de inovação na diversificação econômica

Comunidades de inovação servem para mudar a cultura e a mentalidade de empresas e regiões, fazendo com que sejam experimentadas novas formas de resolver problemas que não raro são antigos. Isso impacta diretamente na diversificação econômica de uma cidade ou negócio.

A mineração e seus impactos ao meio ambiente são problemas históricos do Estado de Minas Gerais, por isso, ainda que boa parte das soluções desses problemas acabem gerando mais lucro para as empresas responsáveis por criá-los, entendemos que desenvolver pesquisa e tecnologias em localidades afetadas pelo extrativismo mineral é uma importante etapa para dar novos horizontes para uma população pouco especializada, que, hoje, geralmente é alocada em cargos de baixa complexidade.

Jovens que descobrem como criar uma startup de mining tech tem mais chances no mercado de trabalho de regiões mineradoras
Investimento em inovação e tecnologia é um ótimo caminho para diversificar a economia

Curtiu o nosso conteúdo? Então aproveite para curtir também a nossa fanpage no Facebook e seguir o Valin no Instagram e no Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo